Agendamento

Como ajudar um pai alcoólatra?

É fato que o alcoolismo está entre os piores problemas que uma família pode enfrentar. Afinal, uma pessoa alcoólatra não faz mal apenas a si própria, mas também a sua família. Em alguns casos, a família sofre até mais do que o dependente alcoólico, principalmente os filhos. Neste caso, como ajudar um pai alcoólatra? É o que nós vamos responder neste artigo. Continue a leitura para saber mais!

Apenas para iniciar, vamos falar de alguns dados estatísticos. No Brasil, o alcoolismo afeta diretamente cerca de 18 milhões de pessoas. Devido a sua grande popularidade e aceitação por parte da maioria das pessoas em todo o mundo, o álcool é a droga mais consumida. E justamente por essa razão faz milhões de vítimas.

E quando falamos em vítimas, também falamos de vítimas fatais. O alcoolismo está na lista oficial de doenças da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Uma doença crônica e também primária, ou seja, que pode gerar outras doenças relacionadas ao coração, estômago, fígado, entre outras.

Sem falar que o alcoolismo em si é um transtorno mental. Isso significa que abala a saúde mental e emocional do alcoolista.

 

Como o álcool age no organismo humano

Como o álcool age no organismo humano

O álcool, quando ingerido, é absorvido pelo estômago e vai para a corrente sanguínea. Este processo pode levar cerca de 30 a 90 minutos.

Por meio do sangue, o etanol se espalha para as mais diversas partes do corpo, atingindo todas as células.

Assim que chega ao cérebro, o efeito do etanol é primeiramente excitatório, liberando serotonina, um neurotransmissor associado à alegria e satisfação, daí o motivo de as pessoas ficarem desinibidas e até mais corajosas.

Porém, passado esse primeiro momento, o álcool começa a deprimir o sistema nervoso central por aumentar as quantidades do neurotransmissor GABA, o que pode causar até a perda da consciência.

Em doses muito elevadas, o etanol pode causar risco de envenenamento, sendo que algumas vezes essa situação provoca a morte por parada cardiorrespiratória.

Após vermos como o álcool age no nosso corpo e os males que ele nos causa, vamos ao ponto principal que é saber como ajudar um pai alcoólatra.

 

Como ajudar um pai alcoólatra de forma eficaz?

Como ajudar um pai alcoólatra de forma eficaz

Algo que deve ficar bem claro é que você não pode obrigar seu pai a parar de beber.

Por mais que isso esteja o prejudicando e também a você e toda a família, não adianta forçar uma situação. Você terá mais chances de ajudar seu pai com muito diálogopaciência e amor. Veja logo a seguir algumas dicas de como ajudar um pai alcoólatra:

  • Mostre-se preocupado com seu pai, não leve a conversa pelo tom de “você precisa parar de beber”.
  • Jamais inicie uma conversa quando seu pai estiver sob efeito do álcool.
  • Se seu pai não é do tipo que fica violento quando bebe, tente conversar a sós, apenas ele e você.
  • Sempre demonstre durante toda a conversa que está preocupado com ele.
  • Cite comportamentos e situações que ocorreram nas vezes que seu pai estava alcoolizado e como isso preocupa você.
  • Jamais faça acusações ou julgamentos, por mais que você esteja chateado.
  • Se seu pai negar que há um problema ou até mesmo não quiser falar sobre o assunto no momento, tente convencê-lo em ter essa conversa numa outra ocasião.
Prev Post
A família no tratamento da dependência química
0
Close

Your cart

Abrir chat